Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

Institucional

Policial civil conquista medalha de ouro do Jiu-Jitsu na I Copa das Forças de Segurança do Estado do Rio

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
03/12/2018 16h03 - Atualizado em 03/12/2018 16h04
por Maurício Tambasco

No sábado (01/12), representantes das mais variadas instituições de segurança pública do Estado do Rio de Janeiro disputaram a 1ª edição da Copa das Forças de Segurança, torneio de Jiu-Jitsu que reuniu guardas municipais, bombeiros, policiais militares, civis e federais e até homens do Exército, Marinha e Aeronáutica. O policial civil, delegado Aloysio Falcão, faixa-preta/110 kg, conquistou medalha de ouro no torneio de Jiu-Jitsu.

O evento teve como palco a Arena Carioca I, na Barra da Tijuca e foi aberto ao público através da doação de dois quilos de alimentos não-perecíveis.

O Chefe de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, delegado Rivaldo Barbosa, fez questão de manifestar a empolgação dos agentes da instituição em poder participar da importante confraternização entre forças de segurança e sociedade.
“Qualquer ação que venha a integrar não só as forças policiais, mas a sociedade como um todo, é um ato elogiável e aceito pela instituição Polícia Civil. Parabenizo todas as instituições que se uniram para promover este importante evento e digo que a Polícia Civil está extremamente feliz e contente por fazer parte de uma ação tão integradora como esta. Em nome da Polícia Civil, eu agradeço profundamente por fazer parte desse momento”, ressaltou.

Produzido pela Federação de Jiu-Jitsu Desportivo do Rio (FJJD-Rio) com o apoio de LBV, Super Rádio Brasil, Prime Esportes, CEFD, Secretaria de Segurança, Ministério do Esporte – por meio da Autoridade de Governança do Legado Olímpico (Aglo) e Carvalho Hosken S.A., a competição recebeu centenas de competidores, divididos por idade, faixa e categoria de peso, tanto no feminino quanto no masculino. As inscrições custaram duas latas de leite em pó por atleta. Todos os produtos arrecadados serão doados a famílias necessitadas através da campanha “Natal permanente da LBV – Jesus, o Pão Nosso de Cada Dia”.