Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

Institucional

Solenidade de posse do secretário Marcus Vinícius ocorreu na Cidade da Polícia

Fotos: Paulo Toscano

ASCOM - Assessoria de Comunicação
04/01/2019 13h24 - Atualizado em 04/01/2019 13h41

O delegado Marcus Vinícius Braga tomou posse, na quinta-feira (03/01) do cargo de secretário estadual de Polícia Civil do Rio. A cerimônia de posse ocorreu na Cidade da Polícia (Cidpol), no Jacarezinho, na Zona Norte e contou com a presença do novo governador do estado, Wilson Witzel.

Há quase duas décadas atuando como policial, o secretário Marcus Vinícius comentou a respeito do novo desafio. “Há 17 anos tenho a honra de servir o povo do Rio de Janeiro. Não tenho dúvidas de que vamos trabalhar todos os dias, 24 horas, para trazer segurança à população. A tarefa não é fácil e nem estamos aqui para fazer o fácil. Não nos esquivaremos de cumprir nosso dever. Agradeço a oportunidade, governador. Não faltarão energia e vontade. Esse Governo vai entrar para a história do Brasil”, ressaltou.

O secretário Marcus Vinícius de Almeida Braga passou a integrar os quadros da Polícia Civil em 2002 como inspetor de Polícia. Em 2003, iniciou a carreira de delegado, tendo atuado na 36ª DP (Santa Cruz) e 21ª DP (Bonsucesso). Ainda no mesmo ano foi designado como delegado-assistente da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). Antes de ser nomeado para exercer o atual cargo, Marcus Vinícius estava lotado como diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE).

O delegado ainda chefiou diversas Especializadas, como a Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), em 2007; a Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), de 2008 a 2010; a Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), em 2011 e a Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), em 2014. Marcus Vinícius atuou ainda como titular da 20ª DP (Vila Isabel) e, anteriormente, da 16ª DP (Barra da Tijuca), no período de março de 2015 a maio de 2017.

Antes de ingressar na Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PCERJ), o secretário Marcus Vinícius também foi delegado de Polícia Civil do Estado do Paraná. Ele recebeu o cargo de Rivaldo Barbosa, que chefiou a corporação durante os meses em que o Rio esteve sob intervenção federal, em 2018.