Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

Institucional

Sepol entrega prêmios aos vencedores do concurso de fotografia

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
13/12/2019 10h30 - Atualizado em 13/12/2019 11h31

O Departamento Geral de Gestão de Pessoas da Secretaria de Estado de Polícia Civil por meio da Divisão de Valorização Profissional e Qualidade de Vida realizou nesta quinta-feira (12/12) a premiação do 1º Concurso de Fotografias Olhares sobre a Polícia Civil: Em defesa de quem precisar. Foram contempladas fotografias feitas por policiais civis na categorias profissional colorido e preto e branco e celular colorido e preto e branco.

O concurso teve 34 inscritos e 17 trabalhos foram finalistas. A intenção é retratar o cotidiano da Polícia Civil através do olhar dos próprios policiais como forma de integrar a polícia à sociedade carioca. As fotos ficarão expostas em uma exposição itinerante pela Sepol.

O primeiro lugar da categoria profissional colorido coube ao auxiliar policial de necropsia Flávio Luis Folly Ranhada, seguido pelo investigador policial Júlio Cesar Vieira de Mello e pelo investigador policial Paulo André Toscano Costa nos segundo e terceiro lugar respectivamente.

Na categoria profissional preto e branco foram premiados o perito criminal Ramon Gabriel de Melo Carrocino , o inspetor de polícia Jorge Felipe Ribeiro Forzley e o inspetor de polícia Fabiano da Rocha Silva, em primeiro, segundo e terceiro lugar.

O primeiro lugar da categoria celular colorida ficou com a inspetora de polícia Vânia Cristina de Andrade Almeida. O segundo lugar coube à inspetora de polícia Tatiana Pinotti Evangelista e o terceiro lugar foi do inspetor de polícia Jeferson Silva do Amaral.

Com fotos preto e branco feitas em celular a perito criminal Danielle Lopes de Almeida tirou o primeiro lugar nesta categoria. O segundo lugar coube ao oficial de cartório policial Reinaldo Render Leal e o terceiro lugar ao inspetor de polícia Juliano Marcelo Gomes de Souza.

Presente na premiação do concurso, o subsecretário de Gestão Administrativa Flávio Brito ressaltou a importância do concurso como forma de valorizar a Polícia Civil e o trabalho dos policiais.

-Esse é um trabalho fantástico, um trabalho de humanização do policial. A valorização do policial valoriza a nossa instituição – disse.

A diretora do Departamento Geral de Pessoas, Sania Burlandi Cardoso disse que o concurso de fotografias representa um momento especial na instituição.

- Temos muitos talentos que ficam escondidos e esse concurso nos apresenta policiais talentosos com suas câmeras mostrando nosso cotidiano.