Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube Player

Notícias

Operação Halteres prende envolvidos em tráfico de anabolizantes

Fotos: Google Street View

ASCOM - Assessoria de Comunicação
15/11/2017 17h19 - Atualizado em 01/12/2017 15h07
por Alexandre Miziara

Treze pessoas foram presas, nesta terça-feira (14/11), durante a operação Halteres, desencadeada por policiais da 90 DP (Barra Mansa), com apoio de 22 equipes de delegacias do 5º Departamento de Policia (DPA), para cumprir 16 mandados de prisão preventiva, seis de condução coercitiva e 44 de busca e apreensão, expedidos pela.Justiça, nas cidades de Barra Mansa, Resende, Itatiaia e também em Taubaté, no estado de São Paulo.

Na ação, os agentes também prenderam em flagrante sete pessoas pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, receptação e armazenamento ilícito de substâncias anabolizantes.

A operação tinha por.objetivo desarticular quatro núcleos criminosos, três deles voltados para a prática do crime de tráfico de drogas e um relacionado à venda e distribuição de substâncias anabolizantes.

Em ação conjunta, a corregedoria da Polícia Militar do Rio de Janeiro cumpriu sete mandados de busca e apreensão que tinham como alvos policiais militares nas cidades de Resende e Barra Mansa.

As investigações iniciais apontavam a existência de uma organização criminosa que tinha seu chefe radicado na cidade de Taubaté, o qual distribuía anabolizantes para várias cidades fluminenses, em especial, Barra Mansa, Resende e Itatiaia.

Ao longo das investigações, os agentes descobriram a existência de três outras células criminosas atuantes no tráfico de drogas e que tinham íntima ligação com a quadrilha que inicialmente se supunha existir.

Durante as investigações, os policiais já haviam realizado duas prisões em flagrante de integrantes da organização que comercializavam anabolizantes, outras três prisões por tráfico de drogas e uma apreensão de adolescente infrator por ato infracional análogo a tráfico de drogas.