Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube Player

Notícias

Polícia Civil prende empresário na Lagoa

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
09/01/2018 14h01 - Atualizado em 09/01/2018 14h01

Policiais da 14ª DP (Leblon) sob coordenação da Delegada Monique Vidal e supervisão dos delegados Raphael Stambowsky e Bruno Reis prenderam em flagrante, neste Domingo (07/01), Thiago Borges Leobons, pelo crime de Falsificação, Corrupção, Adulteração ou Alteração de Produto Destinado a Fins Terapêuticos ou Medicinais.

Os agentes informaram que Thiago é empresário e foi preso em seu apartamento na Lagoa, no momento em que a equipe cumpria mandado de busca e apreensão.

Os investigadores se dirigiram à Av. Epitácio Pessoa, local onde funcionava uma espécie de farmácia de manipulação clandestina, lá encontrando grande quantidade de material contendo substâncias conhecidas como nootrópicos (composto químico que supostamente aumenta o desempenho cognitivo do ser humano), além de 38 (trinta e oito) potes contendo produtos farmacêuticos, cerca de 180 (cento e oitenta) sachês manufaturados, além de 08 (oito) sacos plásticos médios contendo tipos diferentes insumos químicos, uma balança de precisão, cápsulas vazias de comprimidos, envelopes, etiquetas de envio, papeis com anotações diversas, além de diferentes tipos de colheres dosadoras.

Disseram, ainda, que o preso, sem qualquer formação técnica ou autorização dos competentes órgãos oficiais de controle, comercializava as substâncias por meio de um site e as enviava pelo correio, distribuídas em pequenos sachês.

No apartamento também foi encontrada pequena quantidade de cocaína. Foram apreendidos celular e laptop, cujos dados estão sendo analisados para fins de avaliação quanto à prática de delito de tráfico de drogas e afins.