Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Governo do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube Logotipo do WhatsApp Logotipo do Telegram

PCERJ em Ação

Polícia Civil prende mulher acusada de matar a filha de 11 meses

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
01/12/2022 11h15 - Atualizado em 01/12/2022 11h15

Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam uma mulher pelo crime de homicídio qualificado, nesta quarta-feira (30/11). Ela é acusada da morte da filha, uma bebê de apenas 11 meses.

A criança deu entrada em uma unidade de saúde de Comendador Soares, em Nova Iguaçu, no dia 26 de novembro. A genitora alegou se tratar de um quadro de broncoaspiração. O exame de necropsia, porém, apontou que a causa da morte foi traumatismo craniano por ação contundente.

Segundo as investigações, a autora foi a única pessoa que ficou sozinha com a vítima nos momentos que antecederam a morte, e omitiu as circunstâncias que causaram as fraturas identificadas na cabeça da menor, além de ter tentado alinhar versões do fato com as testemunhas. Pessoas ouvidas em sede policial relataram um histórico de negligência e maus tratos por parte da presa.

Após ter a prisão temporária de 30 dias decretada pela Justiça, a acusada admitiu que a criança caiu no chão e bateu a nuca. As investigações seguem para esclarecer as demais circunstâncias do fato.