Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

Notícias

Polícia Civil faz operação em conjunto com a PM e PF e tira de circulação quadrilha de traficantes de drogas, além de prender suspeito de ter matado o Capitão Guimarães

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
09/03/2018 19h08 - Atualizado em 09/03/2018 19h08
por Maurício Tambasco

Policiais da 71ª DP (Itaboraí), em conjunto com as forças de segurança, entre elas a PM e a Polícia Federal (PF), realizou uma operação na localidade Reta Velha, em Itaboraí, na Região Metropolitana, para reprimir o tráfico de drogas e roubos de cargas na região. Foram presos na ação, Ângelo Alves Cardoso, de 24 anos, conhecido como “Turista” ou “JP”, Pedro Lucas Teles da Conceição, de 18 anos, conhecido como “Pedrinho da 28”, Robson Luiz Bonfim Duarte, de 25 anos, conhecido como “Neném” e o irmão dele, Ronald Luiz Bonfim Duarte, de 24 anos, conhecido como “Mata Rindo”.

Durante essa operação foram apreendidos, ainda, dois menores, um de 15 e outro de 16 anos, ambos por fato análogo ao crime de Associação para o Tráfico de Drogas. E os policiais apreenderam, ainda, uma gandola e uma capa de colete balístico em tecido com estampa camuflada e uma réplica de uma metralhadora HK.

A prisão de Ângelo foi pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, tratando-se de uma pistola Glock, calibre 9 mm com a numeração suprimida. Pedro foi apontado como “gerente” do tráfico local e preso pelo crime de tráfico de drogas. Com ele foi apreendida grande quantidade de cocaína e maconha, além de farto material para endolação de drogas. Robson e o irmão dele, Ronald, foram presos por porte ilegal de munição de uso restrito, sendo Ronald suspeito de ter praticado homicídio (em setembro de 2016) contra o candidato a vereador de Itaboraí, Capitão Guimarães, além de constar como autor em diversos inquéritos sob responsabilidade da DHNIT/SG.