Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

PCERJ em Ação

Policiais da Deat estão à procura de três homens acusados do roubo a turistas na trilha de acesso ao Corcovado

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
09/01/2019 18h56 - Atualizado em 09/01/2019 18h57

A Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat) está realizando diligências para cumprir três mandados de prisão temporária contra suspeitos do roubo a turistas nacionais e estrangeiros, ocorrido no último dia 03/01, na trilha de acesso ao Corcovado.

De acordo com informações da Especializada, que investiga o crime, os foragidos foram identificados como Luiz Henrique da Silva Fonseca; Marcelo Santos de Oliveira e Victor Barreto de Souza Gomes. Todos possuem antecedentes criminais. A Polícia também apura o possível envolvimento de um quarto integrante no roubo.

Luiz Henrique tinha sido preso em flagrante em 2014 por roubo na trilha Dois Irmãos, no Vidigal. A investigação também apontou que ele fugiu para a Bolívia em 2017, retornando clandestinamente ao Brasil. Assim como Luiz, Vitor Barreto também responde por roubos em trilhas urbanas.

Marcelo Santos já havia sido condenado pela prática de outras violações patrimoniais e atualmente estava em liberdade por benefício da Justiça. De acordo com informações, o criminoso rompeu, na terça-feira (08/01), a tornozeleira eletrônica que usava.

As diligências preliminares foram realizadas pela Deat com apoio de agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), das UPPs Cerro Corá e Vidigal, e da Divisão de Monitoração de Eletrônica da Coordenação de Penas Alternativas da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap).