Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

PCERJ em Ação

DHNSGI relata primeira fase do inquérito da morte do pastor Anderson

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
14/08/2019 15h48 - Atualizado em 14/08/2019 15h48

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) relatou, nesta quarta-feira (14/08), a primeira fase da investigação da morte do pastor Anderson do Carmo de Souza, marido da deputada federal Flordelis dos Santos de Souza. O inquérito foi entregue ao Ministério Público Estadual com indiciamento de Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza pelo crime de homicídio qualificado.

De acordo com a delegada Bárbara Lomba, titular da especializada, o documento também pede a prisão preventiva dos filhos da parlamentar. Ainda segundo a delegada, o inquérito foi desmembrado, e agora será dado início à segunda fase da investigação para identificar a participação de possíveis coautores no crime.