Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Governo do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube Logotipo do WhatsApp Logotipo do Telegram

PCERJ em Ação

Polícia Civil realiza operação contra distribuidoras de cosméticos acusadas de fraude fiscal

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
01/12/2022 14h56 - Atualizado em 01/12/2022 20h01

Policiais civis da Delegacia Fazendária (Delfaz) realizaram, nesta quinta-feira (01/12), a operação “Portokáli Apotheca”contra distribuidoras de cosméticos, perfumaria e higiene pessoal acusadas de fraude fiscal. A ação, que tem o objetivo de cumprir quatro mandados de busca e apreensão, é realizada em conjunto com o Ministério Público.

As equipes estiveram em dois endereços residenciais e dois comerciais. Foram apreendidos computadores, aparelhos de telefone celular e documentos, que serão analisados.

Segundo os agentes, as distribuidoras, que pertencem ao mesmo grupo econômico, vinha praticando, nos últimos anos, crimes contra a ordem tributária e infrações penais conexas, como falsidade ideológica e lavagem de capital, além da sonegação fiscal. Juntas, elas devem ao estado do Rio de Janeiro mais de R$40 milhões referente ao ICMS e obrigações acessórias.

O esquema criminoso consistia na criação de uma distribuidora que era utilizada sem recolher os impostos devidos nas operações, até que a SEFAZ promovesse o impedimento de sua inscrição estadual, inviabilizando seu funcionamento. Nesse momento, outra empresa passava a operar da mesma forma. Além das distribuidoras, o grupo conta ainda com redes varejistas do setor farmacêutico, que também participam do esquema.