Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

PCERJ em Ação

Quatro presos em Niterói durante a Operação Predador

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
04/01/2018 18h56 - Atualizado em 04/01/2018 18h56

Policiais da 78ª DP (Fonseca), com a participação de agentes da 81ª DP (Itaipu) e da 1ª CIA do 12° BPM, prenderam, nesta quinta-feira (04), Anderson Luís Oliveira Lopes, 29 anos, Michele da Conceição Nascimento, 24 anos, Maico Silva de Melo, 23 anos e Diogo da Silva de Oliveira, 21 anos, e apreenderam grande quantidade de drogas, uma motocicleta e um veículo durante a terceira fase da operação denominada “Predador”.

A operação é fruto de amplo trabalho de investigação desenvolvida pela delegacia da Fonseca cujo objetivo era cumprir quatro mandados de prisão na comunidade conhecida como “Ciclovia” em Piratininga, Região Oceânica de Niterói.

Os presos são suspeitos de integrar uma organização criminosa instalada na Região Oceânica de Niterói, chefiada por Marcel Sá Vianna de Mello, conhecido por “Cecel”, preso por policiais da 78ª DP na primeira fase da operação “Predador”, deflagrada em dezembro de 2017.

Na segunda fase dessa operação foi preso Luís Eduardo Da Silva, conhecido por “Dudu” ou “2D” que teria assumido lugar antes ocupado por “Cecel”.

“Cecel” era considerado o principal fornecedor de armas e drogas para o Caramujo e outras comunidades dominadas por uma facção criminosa.

Nesta última fase, os agentes apreenderam nas casas de Anderson e Diogo, grande quantidade de droga (cocaína e maconha).

Um veículo de propriedade de Maico foi apreendido, e poderá ser, após autorização judicial, utilizado em benefício da polícia no combate ao tráfico de drogas.

Uma motocicleta BMW clonada também foi apreendida no interior da comunidade.