Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

PCERJ em Ação

Sepol realiza maior apreensão de fuzis do Estado durante investigações sobre as mortes de Marielle e Anderson

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
12/03/2019 20h36 - Atualizado em 12/03/2019 20h36

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) realizou hoje (12/03) a maior apreensão de fuzis da história da Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol). Os agentes apreenderam peças para montagem de 117 fuzis (com exceção dos canos), 500 munições e três silenciadores, além de R$112 mil em dinheiro.

De acordo com a especializada, as armas foram apreendidas na casa de Alexandre Motta Souza, amigo do policial militar Ronnie Lessa, apontado como autor dos disparos que vitimaram a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes. Foram encontrados R$50 mil na casa dos pais do policial e R$62 mil dentro do carro dele.

A apreensão faz parte da Operação Lume que cumpriu dois mandados de prisão e 34 de busca e apreensão, resultado da investigações que apura a morte da vereadora e o motorista.